TAAG diz adeus aos B 747

taag22A transportadora aérea de bandeira angolana disse, num comunicado distribuído esta semana, ter desactivado, com muita emoção, a sua frota de Boeings 747, os conhecidos “jumbos”. “É com emoção que no dia 15 de Janeiro a TAAG completou a desactivação da sua frota Boeing 747300”, lê-se no comunicado.

Desde 8 de Julho de 1997 essa estrela, como se refere a TAAG ao avião, levou a imagem da nossa empresa e de Angola para o Mundo.

“Estamo-nos a despedir da aeronave que se tornou o símbolo da nossa Companhia. Apelidado de Jumbo, é o avião mais conhecido da história da aviação. Esse Grande, Forte, Resistente e Eficiente avião fez parte das nossas vidas nos últimos 13 anos”, refere o comunicado “Os nossos dois B747, entre eles o emblemático “Cidade do Kuito”, voaram, ao serviço da TAAG, quase 60.000 horas transportando com Beleza e Elegância milhares de passageiros e toneladas de carga.

Essas “Estrelas do Ar” ajudaram a realizar muitos sonhos e essas realizações ficarão para sempre nas nossas memórias e corações”, explica a companhia O processo de modernização na empresa dita que chegou a hora de partir e deixar espaço para os novos Boeing 777/300 ER, com entrada em operação para Junho e Julho de 2011.

Com esta última passagem, o Conselho de Administração da transportadora dá a entender que depois dos incidentes recentes com os aviões Boeing 777/200 ocorridos em Lisboa, África do Sul, China e Rio de Janeiro, com casos de aterragens forçadas por avarias nos motores, o regresso dos voos internacionais com aviões próprios poderá levar ainda sete ou oito meses.