DEMOLIÇÕES EM ANGOLA -Christian Aid denuncia e apela no sentido de se apurar a verdade dos factos.

A Christian Aid, uma parceira da SOS Habitat, apelou ao Governo angolano no sentido de se apurar a verdade dos factos criados pelo Governo da Província da Huila, com a demolição de cerca de 3.000 casas na Cidade do Lubango realizadas sob o comando directo do Governador dessa província Isac dos Anjos.:

C. Aid: “Apelamos ao Estado de Angola para que cesse imediatamente as demolições, crie uma comissão para avaliar supostas violações dos direitos humanos e desenvolver mecanismos de compensação adequada para as pessoas que perderam suas casas e meios de subsistência”

“Esta é uma situação de emergência humanitária causada por uma violação dos direitos humanos”.

“Tais expulsões tornaram-se uma ocorrência regular, nos últimos anos na capital, Luanda, grandes cidades como Benguela, e em comunidades rurais…”.

Parafraseando-a: a news leter online da Christian Aid, Infelizmente, este não é um caso isolado – isto é parte de um procedimento padrão de longo prazo  marcado pela  violência, despejos ilegais e demolições de casas.