Bispo Angolano Lança Alerta: Fome Mata no Cunene

Cunene - Em Angola, o bispo da província do Cunene, D. Fernando Guimarães Kevanu, alertou para o facto de muita gente estar a morrer de fome naquela região e apelou à concessão de ajuda de emergência para fazer face à situação.

A FOME MATA MILHARES DE CRIANCAS EM ANGOLA

A província do Cunene está a ser afectada desde há dois meses por inundações causadas pelas fortes chuvas naquela região da África Austral. Em declarações à Agencia de Noticias, o bispo angolano acrescentou que a situação é desesperante.

Os bispos da Conferência Episcopal de Angola e S. Tomé (CEAST), garantiram ontem, em conferência de imprensa, apoio material e financeiro às vítimas das cheias do Cunene.

D. Manuel Imbamba disse que com este gesto os bispos manifestam a sua solidariedade com as populações afectadas pelas calamidades naturais.

Segundo D. Manuel Imbamba, bispo do Dundo, a Conferência Episcopal de Angola e S. Tomé tem acompanhado o sofrimento da população do Cunene “e não podíamos ficar indiferentes.Temos rezado e desta vez decidimos levar alguma coisa de concreto em termos monetários e materiais”.

A Embaixada dos Estados Unidos em Angola vai disponibilizar, ao abrigo dos Fundos de Emergência do Chefe da Missão Diplomática Americana, a quantia de 50 mil dólares em assistência de emergência para acudir as populações sinistradas pelas chuvas torrenciais e inundações na província do Cunene, no Sul de Angola.

De acordo ainda com a nota, os fundos podem ser disponibilizados nos próximos dias e, em função da evolução da situação na província do Cunene, a missão diplomática norte-americana em Angola pode canalizar mais verbas, ao abrigo dos Fundos de Emergência.